quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

A DAMA DESNUDA - de 12 a 15 de dezembro no Teatro de Câmara do Cine Theatro Brasil Vallorec

“A DAMA DESNUDA”, COM WILMA HENRIQUES,
É A PRIMEIRA PEÇA A SE APRESENTAR NO
TEATRO DE CÂMARA
- CINE THEATRO  BRASIL VALLOREC

Comédia do Grupo Gambiarra fará curta temporada
Wilma Henriques é a protagonista de A Dama Desnuda, a primeira peça a ser apresentada no Teatro de Câmara - Cine Theatro Brasil Vallorec, o mais novo palco da capital. A temporada será de 12 a 15 de dezembro, quinta a sábado às 20h – a apresentação de domingo será fechada. A Dama Desnuda é uma montagem que conta a trajetória da carreira de uma grande atriz e momentos muito engraçados de sua vida. Dirigido por Carluty Ferreira, e com supervisão artística de Jair Raso e texto de Renato Millani, o espetáculo é uma produção do Grupo Gambiarra. No elenco está também a atriz Patrícia Thomaz.

A Dama Desnuda já foi apresentada em Belo Horizonte, Juiz de Fora, Itaúna, Nova Lima e Confins.
Ingressos nos postos do Sinparc – R$ 10,00
Na bilheteria do teatro - R$20,00 (inteira); R$10,00 (meia)

A DAMA DESNUDA

Sinopse

“A Dama Desnuda” é uma montagem que conta a historia da carreira de uma atriz e vários momentos de sua vida. Uma comédia que descortina no decorrer da trama, momentos marcantes.  A atriz, consagrada a primeira dama do teatro mineiro, se prepara para receber uma homenagem, quando se depara com a presença de uma fã, tiete em seu camarim.

A montagem

A peça “A Dama Desnuda” é uma montagem que conta a historia da carreira de uma atriz que está se preparando para receber uma homenagem e é surpreendida pela visita de uma fã em seu camarim. A peça traz para cena a vida da atriz Wilma Henriques que também protagoniza a personagem principal, relembrando momentos marcantes em que ficou consagrada como a Primeira Dama do Teatro Mineiro.

Ficha Técnica

A Dama Desnuda
Realização: Grupo Gambiarra
Texto: Renato Millani
Direção: Carluty Ferreira
Supervisão Artística: Jair Raso – MED & CENA 
Atrizes: Wilma Henriques e Patrícia Thomaz                                                    
Cenário e Cenotécnica: Carluty Ferreira e Rogério Alves
Figurino: Carluty Ferreira
Iluminação: Jair Raso
Trilha Sonora: Adriano Alves
Diretor de Produção e Produção Executiva: Carluty Ferreira 
Assessoria de imprensa: Astronauta Comunicação - Adilson Marcelino e Lucas Ávila
Design Gráfico, Registro de Video e Foto: Ricardo S. G.
Técnico de Luz: Israeal Levy
Técnico de Som: Rogério Alves
Criação de Site: Didi Moreira

Grupo Gambiarra
Fundado em outubro de 1975, o Grupo Gambiarra teve em seu primeiro núcleo os artistas Wilma Henriques da Silva, Wilma Loureiro Cunha, Palmira Barbosa de Andrade, Rogério Falabella, Thales Roboão Penna, Márcio José Velloso, João Batista Bacalhau e Carlos Xavier. Com o objetivo de criar uma corrente de força para a realização e continuidade de produção do teatro mineiro, fortalecendo e formando novos artistas, o grupo realizou diversas montagem e atividades de formação em parceria com instituições, grupos e produtores culturais destacando as seguintes montagens:

Roda de Cor, A Prostituta Respeitosa, A Margem da Vida, Geração em Revolta, Ensina-me a Viver, Fala Baixo se não eu Grito, A Dama das Camélias, Navalha na Carne, Boa Noite Mãe, As mulheres se odeiam, Três Mães, Sonhos, entre outras montagens. Hoje, comemorando seus 37 anos de fundação, o Grupo e sua nova equipe propõem registrar esse marco na história do teatro mineiro com a peça A Dama Desnuda, homenageando sua principal fundadora, a atriz Wilma Henriques, aclamada como a Primeira Dama do Teatro Mineiro.

Sobre Wilma Henriques

Nascida em Conselheiro Lafaiete, Wilma Henriques veio para Belo Horizonte com a família aos dois anos de idade. Atuando desde 1959, quando dá inicio a sua carreira na TV Itacolomi e também a carreira no teatro, com inúmeras montagens no currículo. No cinema, estrela, em 1964, “O Menino e o Vento”, se Carlos Hugo Christensen, além de atuar em filme de Schubert Magalhães – “Ela e os Homens”, Geraldo Santos Pereira – “Aleijadinho – Paixão, Glória e Suplício”, Elza Cataldo – “Vinho de Rosas”.

Agora, chega em 2013 com vitalidade e força de trabalhar na função que a mantém viva, a de atriz. Com cinquenta e três anos de carreira teatral, dando forma e conteúdo às suas personagens, emprestando corpo, voz e emoção ao mundo mágico do teatro, e concentrando todas as suas energias para o ofício da cena, ela chega aos 83 anos para se desnudar e falar melhor desta brilhante trajetória e também de sua vida.

Em sua trajetória teatral, Wilma Henriques foi dirigida por nomes como Eid Ribeiro, Carlos Rocha, Kalluh Araújo, Paulo Cesar Bicalho, Helvécio Guimarães, Mamélia Dorneles, Marcos Vogel, Jota D`Ângelo, Rogério Falabella, Jair Raso entre outros. A atriz interpretou marcantes personagens em espetáculos como: a Margem da Vida, A Prostituta Respeitosa, Fala Baixo se não eu Grito, Dona Beija, Rasga Coração, A filha dá..., Três Mães, Navalha na carne, Precisa-se de moça para finos tratos, Roda de Cor, Geração em Revolta, Ciranda de Pedra, Ensina-me a Viver, A Dama das Camélias, Boa Noite Mãe, As mulheres se odeiam, Sonhos, entre outros.

Serviço
“A DAMA DESNUDA” – GRUPO GAMBIARRA”
TEATRO DE CÂMARA - CINE THEATRO  BRASIL VALLOREC –
Data:
12 a 15 de dezembro
Horário: quinta a sábado às 20 horas – a apresentação de domingo será fechada
Ingressos nos postos do Sinparc – R$ 10,00
Na bilheteria do teatro - R$20,00 (inteira); R$10,00 (meia)
Gênero: comédia
Duração: 60 minutos
Classificação: 12 anos
Contatos para entrevistas:
Wilma Henriques -
atriz: (31) 3222-6378
Patrícia Thomaz – atriz: (31) 9111-7983 – 3586-7085
Carluty Ferreira – diretor: 31-9655-6225
Assessoria de Imprensa: Astronauta Comunicação –
Adilson Marcelino e Lucas Ávila – 8875-4527